EFEParis

O cingalês Ahmed Milhan Hayathu Mohammed, de 29 anos, suposto responsável pelos atentados de 21 de abril contra igrejas cristãs e hotéis de luxo de diferentes cidades do Sri Lanka, nos quais morreram 321 pessoas e 521 ficaram feridas, foi detido no Oriente Médio, informou nesta sexta-feira a Interpol.

Junto a Mohammed, foram detidos outros quatro suspeitos, que não tiveram as nacionalidades reveladas. De acordo com um comunicado da Interpol, que não revelou os locais onde ocorreram as detenções, todos foram extraditados nesta sexta-feira ao Sri Lanka.