EFEBeirute

O ex-presidente Michel Temer desembarcou nesta quinta-feira no Líbano, transmitindo a solidariedade do Brasil ao país de origem de sua família, ao chegar a Beirute liderando uma "missão humanitária" de ajuda, nove dias após a explosão na capital que causou 171 mortes e deixou mais de 6 mil feridos.

Temer esteve com o presidente libanês, Michel Aoun, a quem expressou o apoio e as condolências dos brasileiros às famílias das vítimas.

Além disso, desejou "uma rápida recuperação para todos os que foram feridos naquela explosão dramática explosão".

O ex-presidente expressou sua convicção de que "com o tempo, Beirute será completamente reconstruída na parte que foi afetada".

A missão brasileira chegou hoje a Beirute a bordo de dois aviões, um deles transportando seis toneladas de medicamentos, equipamentos hospitalares e alimentos doados pelo Ministério da Saúde e pela comunidade libanesa do Brasil, composta por cerca de 10 milhões de pessoas. EFE

ijm-ppa/phg