EFEWashington

O primeiro-ministro interino de Israel, Benjamin Netanyahu, disse nesta terça-feira que o plano de paz do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para o Oriente Médio inclui apoio à anexação israelense do Vale do Jordão, que representa cerca de 30% da Cisjordânia.

"Isso nos dará uma fronteira oriental permanente para nos defendermos", disse Netanyahu durante a apresentação do plano na Casa Branca, confirmando um detalhe que deve causar grande rejeição por parte dos líderes palestinos e de parte da comunidade internacional.