EFELondres

Com a visita de Trump ao Reino Unido e o consequente encontro nesta sexta-feira com a rainha Elizabeth II, de 92 anos, a monarca terá se reunido com 12 dos 13 presidentes amiercanos que passaram pela Casa Branca durante o tempo em que ela ocupa o trono.

A chefe de Estado britânico, que chegou ao trono em 1953, tomará um chá com Trump e sua esposa, Melania, no Castelo de Windsor, a 40 quilômetros de Londres, em sua primeira visita oficial ao Reino Unido.

Após esta reunião, Elizabeth II terá conhecido todos os líderes dos Estados Unidos durante seu reinado, com exceção de Lyndon B. Johnson, o democrata que assumiu o cargo após o assassinato de John F. Kennedy em 1963 e que o ocupou até 1969.

O encontro desta tarde com os Trump não se desenvolverá no contexto de uma visita de Estado, por isso que não haverá um procissão de carroças e nem um jantar oficial opulento.

Donald Trump se reunirá com a soberana em um clima conturbado e com várias protestos convocados contra sua visita em diferentes pontos da capital britânica.