EFEMadri

Autor de dois dos gols do Real Madrid na vitória sobre o Liverpool por 3 a 1 nesta terça-feira, no estádio Alfredo Di Stéfano, pelas quartas de final da Liga dos Campeões, Vinícius Júnior evitou enviar qualquer mensagem de revanche aos críticos e preferiu enaltecer o próprio trabalho.

"As pessoas de fora que falem o que quiserem. Eu continuo trabalhando e todos os meus companheiros me dão a força e a confiança de que preciso para fazer gols em momentos importantes. Trabalho muito porque sonhei jogar no Real Madrid, sonhei jogar com os melhores do mundo", declarou o brasileiro à emissora espanhola "Movistar Plus".

Desde que chegou ao Real, em 2018, Vinícius Júnior recebe críticas quanto à sua capacidade como finalizador. Hoje, marcou pela primeira vez dois gols em um mesmo jogou com a camisa da equipe madrilenha.

"Era muito importante vencer. Na Champions, um 3 a 1 é um bom resultado. Trabalhamos muito durante todo o ano para chegar ao melhor momento da temporada para tentar vencer os jogos e estamos fazendo isso", comentou o atacante, que, no entanto, alertou para os perigos da partida de volta, daqui a oito dias, na Inglaterra.

"A eliminatória continua igual. O Liverpool tem um bom time e vão vir com tudo para tentar vencer. Temos que entrar concentrados em vencer os jogos. Não podemos aliviar em nada, temos que continuar assim e jogar lá (em Liverpool) da mesma forma que jogamos hoje", alertou.

No primeiro gol do jogo, Vinícius foi lançado por Toni Kroos, matou no peito, conduziu e tocou rasteiro na saída do goleiro Alisson. O ex-jogador do Flamengo enalteceu o desempenho do meia alemão.

"Toni é incrível, um grande jogador, uma lenda do clube. Sempre joga com esta classe que ele tem, ninguém pode com ele. Eu lhe agradeço por esse passe", encerrou.