Miami, 11 ago (EFE). - A Marinha americana recuperou parte da fuselagem de um caça F-5N que caiu na quarta-feira passada no mar de Florida Keys, mas não pretende recuperar o resto do avião, que está a cerca de 900 metros de profundidade, informou a imprensa local nesta sexta-feira.

O caça caiu 32km ao sudeste de Key West, no extremo sul da Flórida, quando fazia uma série de operações de treinamento, de acordo com o canal "Local 10 News". As autoridades militares não divulgaram as causas do acidente.

Segundo o tenente Russ Chilcoat, partes do caça foram recuperadas, mas o resto permanece no fundo do mar, a cerca de 3 mil pés de profundidade.

O piloto, que conseguiu acionar o sistema de ejeção, foi resgatado sem ferimentos pela Guarda Costeira dos Estados Unidos.

O caça faz parte do esquadrão 111 Sundowners que tem base na estação aeronaval de Florida Keys.