EFEMiami

Um raro centavo com a efígie de Abraham Lincoln, que foi cunhado em cobre por engano em 1943, foi vendido por mais de US$ 200.000 em um leilão numismático realizado na Flórida, informou nesta sexta-feira a casa de leilões Heritage Auctions.

Segundo a Heritage, apenas entre 10 e 15 exemplares de centavos foram cunhados em cobre ao invés de com aço recoberto de zinco, que era o que se utilizava durante a II Guerra Mundial, uma vez que o chamado "metal vermelho" era usado para fabricar munição para o exército.

Este centavo de bronze de 1943 é a moeda "cunhada por erro mais famosa na numismática americana", segundo destacou a casa de leilões em comunicado.

De fato, como acrescentou, a Casa da Moeda cunhou essa que se transformou em uma das moedas "mais valiosas da história" do país durante o ano em que "se supunha que todos os centavos estavam feitos de aço recoberto de zinco para manter a máquina de guerra em movimento".

Trata-se, além disso, da primeira vez que um destes centavos únicos é leiloado.

A história deste centavo remonta a 1947, quando Don Lutes, então um adolescente de 16 anos estudante de ensino médio em Pittsfield (Massachusetts) descobriu a moeda no troco que recebeu na cafeteria do colégio.

Imediatamente a moeda chamou a atenção de Lutes, que decidiu conservá-la, consciente do seu raro valor, após várias consultas com especialistas.

Foi apenas recentemente, após Lutes adoecer e depois morrer, que a família desse amante da numismática decidiu vendê-la.

"O que faz com que isto seja tão emocionante é que é a primeira vez na história que uma destas peças é leiloada", disse Sarah Miller, diretora de Numismática da Heritage Auctions.

O leilão organizado pela Heritage Auction aconteceu na convenção anual da Flórida United Numismatists, o maior congresso de numismática realizado anualmente nos Estados Unidos e que nesta semana aconteceu em Orlando.