EFELondres

O ministro da Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, anunciou nesta sexta-feira, através de postagem no Twitter, que deu positivo para o novo coronavírus, assim como o primeiro-ministro do país, Boris Johnson.

O integrante do governo divulgou a informação cerca de uma hora depois que o premiê revelou que havia sido submetido a teste, que confirmou a infecção nele.

Hancock garantiu que está seguindo todas as orientações médicas e está em estado de isolamento para impedir que outras pessoas também sejam contaminadas pelo novo coronavírus.

O ministro revelou que apresenta sintomas "muito leves" e que, enquanto estiver em quarentena, pretende seguir trabalhando para "ajudar o Reino Unido a responder à pandemia".

Mais cedo, Johnson, cuja noiva, Carrie Symonds, está grávida do primeiro bebê do casal, também anunciou estar contaminado e em regime de isolamento.

"Nas últimas 24 horas, desenvolvi sintomas leves e testei positivo para o coronavírus", disse o líder conservador, em vídeo postado nas redes sociais.

De acordo com boletim mais recentes, 11.658 casos de pacientes com Covid-19 foram detectados no Reino Unido e pelo menos 584 pessoas morreram.