EFELa Paz

A Bolívia registrou mais oito mortes por covid-19 e 1.115 casos de infecção pelo novo coronavírus, cerca da metade na região de Santa Cruz, a maior do país, a mais afetada ao longo da pandemia, de acordo com boletim divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério da Saúde.

De acordo com os dados de hoje, o total de positivos acumulados no território boliviano saltou para 539.762, enquanto o de vítimas chegou a 19.196.

Nas últimas 24 horas, de acordo com o Ministério da Saúde, o departamento de Santa Cruz registrou 550 casos, sendo seguido por La Paz, com 139, e Tarija, com 132.

Ainda segundo as autoridades locais, há na Bolívia 25.855 casos considerados ativos, ou seja, de pessoas que podem transmitir o novo coronavírus para outras.

Ao todo, 120 pacientes estão internados em unidades de terapia intensiva de hospitais do país, com sintomas da covid-19. Delas, 92 precisam de auxílio mecânico para respirar.

O Ministério da Saúde aponta que 92% dos hospitalizados que ocupam leitos de UTI não estão vacinados contra a covid-19.

CAMPANHA DE VACINAÇÃO.

Além disso, o Ministério da Saúde indicou que 4.109.745 pessoas receberam a primeira dose de vacina contra a covid-19, que 3.187.345 pessoas foram alvo da aplicação da segunda, e 983.282 receberam a de dose única.

Além disso, 369.690 pessoas com mais de 18 anos com comorbidades já contam com a aplicação da terceira dose, como reforço da imunização. EFE

gb/bg