EFERio de Janeiro

O candidato presidencial Jair Bolsonaro (PSL) foi submetido nesta quinta-feira a uma cirurgia laparoscópica após ser esfaqueado em um ato de campanha devida a um golpe de faca que atingiu seu fígado, segundo seus assessores.

De acordo com a assessoria de imprensa do deputado e militar da reserva, Bolsonaro sofreu uma lesão hepática no ataque, razão pela qual os médicos recomendaram a intervenção cirúrgica.

Seus familiares, no entanto, esclareceram que o candidato presidencial não corre risco de morte.