EFEPequim

O número de mortos pelo novo coronavírus inicialmente registrado na cidade chinesa de Wuhan aumentou neste domingo para 80, de um total de 2.744 infectados diagnosticados na China.

No boletim diário, datado da última meia-noite (13h deste domingo), a Comissão Nacional de Saúde do país acrescentou que entre os infectados havia 461 pacientes em estado grave, enquanto 51 pessoas já tinham recebido alta médica.

O novo relatório mostra um aumento de 24 mortes, 769 casos confirmados, 137 casos agravados e dois casos curados desde o boletim anterior, emitido 24 horas antes.

De acordo com a entidade, todas as novas mortes ocorreram na província de Hubei, da qual Wuhan é a capital. A cidade, com cerca de 11 milhões de pessoas, é a origem do surto e está isolada desde a quinta-feira passada.

Até o momento, as autoridades de saúde já monitoraram 32.799 pessoas que estiveram em contato próximo com algum dos infectados, e 30.453 permanecem sob observação.

Todos os casos ocorreram em 30 divisões provinciais chinesas, todos elevando o alerta de saúde ao mais alto nível nos últimos dias. Por enquanto, o Tibete continua a ser a única província sem qualquer contágio diagnosticado. EFE

jt/vnm