EFEBogotá

A ex-presidente Dilma Rousseff confirmou nesta quarta-feira sua participação na 15ª edição do Hay Festival, em Cartagena das Índias, na Colômbia, que será realizado entre 30 de janeiro e 2 de fevereiro de 2020.

Dilma conversará com o diretor do jornal "El País", Javier Moreno Barber, sobre o futuro da esquerda na região, detalharam os organizadores do festival.

A ex-presidente junta-se a mais de 140 "pensadores de diferentes partes do mundo" que, segundo a diretora do Festival para as Américas, Cristina Fontes, participarão da edição 2020.

Entre eles, a escritora canadense Margaret Atwood, que recentemente venceu o Prêmio Booker, apresentará seu mais novo trabalho, "O Testamento".

O vencedor do Prêmio Nobel de Economia, Joseph Stiglitz, também participará onde irá conversar com o escritor venezuelano Moisés Naim sobre capitalismo e novos modelos econômicos.

O ex-presidente colombiano e vencedor do Prêmio Nobel da Paz, Juan Manuel Santos, refletirá sobre os desafios que a América Latina enfrenta atualmente, enquanto o americano David Wallace-Wells falará sobre as ameaças da mudança climática. EFE

jga/phg