EFEJacarta

Pelo menos uma pessoa foi morta e 41 ficaram feridas após uma avalanche de cinzas quentes ter caído sobre vários vilarejos neste sábado, após a erupção do vulcão Semeru, no sudeste da ilha de Java, na Indonésia.

O vice-prefeito da cidade de Lumajang, Indah Masdar, anunciou os números provisórios em entrevista coletiva, mas não deu maiores detalhes.

A enorme erupção ocorreu em plena luz do dia, por volta das 15h30 (local, 5h30 de Brasília) e cobriu várias vilas ao redor da montanha com cinzas. Várias equipes da Agência Nacional de Gestão de Desastres foram destacadas para o local para atender às possíveis vítimas e avaliar os danos.

Em um vídeo postado nas redes sociais por testemunhas da erupção, vários moradores da cidade de Lumajang podem ser vistos fugindo às pressas com uma enorme nuvem de fumaça e cinza do Semeru, com 3.676 metros de altura e um dos vulcões mais ativos do país, projetada atrás deles.

A surpreendente erupção criou uma nuvem espessa que mergulhou momentaneamente algumas das aldeias próximas à montanha na escuridão. O serviço de vulcanologia da Indonésia colocou o risco na área no nível 2 (de um máximo de 4) e emitiu um alerta para aeronaves que sobrevoam a região.

Além dos danos aos veículos e a algumas casas, pelo menos uma ponte ruiu, informou a Agência Nacional de Gestão de Desastres via Twitter. EFE

ind-nc/dr

(foto)