EFEMadri

A Espanha registrou 37.889 novos casos de covid-19 desde a última sexta-feira, sendo 3.780 nas últimas 24 horas, elevando o número total de infecções desde o início da pandemia para 974.449 e as mortes para 33.992, com mais 217 óbitos anunciados nesta segunda-feira pelo Ministério da Saúde local.

De acordo com estes dados oficiais, o País Basco é a região que mais confirmou novos positivos entre ontem e hoje, com 634; seguido por Aragão, com 476; Navarra, com 466; Galiza, com 397, e Madri, com 354.

A incidência acumulada na Espanha nos últimos 14 dias (casos diagnosticados por 100 mil habitantes) é de 312,22 (contra 280,8 na última sexta), enquanto a ocupação hospitalar é de 10,3% (9,8% na sexta-feira) e a de UTIs de 21,04% (19,56% na sexta-feira).

Os últimos dados fornecidos pelo Ministério da Saúde espanhol colocam a taxa de letalidade em cerca de 1%, um nível muito baixo em comparação com o período de pico da pandemia, entre os meses de março e maio, quando atingiu 12%.

Os níveis de incidência do vírus têm aumentado entre os jovens, especificamente na faixa entre 15 e 19 anos e entre 20 e 29, embora também se observe um aumento dos casos na faixa etária acima de 80 anos, o que impacta diretamente no número de mortes, explicou Simón. EFE

nac-ajs/phg

(foto)(vídeo)