EFERedação Central

Em duelo emocionante, Hugo Calderano venceu nesta terça-feira o sul-coreano Jan Woo-jin, por 4 sets a 3, e se tornou o primeiro brasileiro na história a se classificar para as quartas de final do tênis de mesa nos Jogos Olímpicos.

Com parciais de 11-7, 9-11, 6-11, 11-9, 4-11, 11-5 e 11-6, Calderano se garantiu entre os oito melhores do torneio e enfrentará na quarta-feira o alemão Dimitrij Ovtcharov, que venceu o japonês Koki Niwa por 4 a 1, com parciais de 11-4, 7-11, 11-0, 11-7 e 11-9.

Em Tóquio, o Brasil já havia feito história ao chegar às oitavas de final com dois representantes no tênis de mesa individual pela primeira vez.

Mais cedo, Gustavo Tsuboi, que vinha de duas vitórias seguidas, foi eliminado nas oitavas de final pelo sexto colocado do ranking mundial, Lin Yun-ju, de Taiwan, por 4 sets a 2, com parciais de 11-5, 11-7, 11-2, 9-11, 9-11 e 13-11.

As esperanças de medalha brasileira agora recaem sobre Calderano, que, aos 25 anos, já é o mesa-tenista a levar o país mais longe em um torneio olímpico. Até então, Hugo Hoyama, Gustavo Tsuboi e o próprio Hugo Calderano, que tinham alcançado as oitavas de final, representavam os melhores desempenhos do Brasil.