EFERoma

A Itália registrou seis novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, seu menor número de óbitos desde o início da pandemia, e agora o saldo total de vítimas no país é de 34.744, de acordo com informações divulgadas nesta segunda-feira pela Defesa Civil local.

Entre ontem e hoje, 126 novos casos do novo coronavírus foram detectados, elevando o número total para 240.436 contágios no país desde que a primeira infecção local foi registrada, em fevereiro.

Quase metade dos novos casos - 78 - corresponde à região da Lombardia, no norte do país, que é a mais afetada pela pandemia.

Mas das seis novas mortes, apenas uma ocorreu na Lombardia, e as restantes no Piemonte (duas), Emília-Romanha (duas) e Toscana (uma).

O número de pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) segue em queda e agora existem 96 em todo o país.

A Itália praticamente concluiu seu desconfinamento, embora esteja acompanhando de perto a evolução de alguns pequenos focos que surgiram em várias partes do país.

No entanto, a Lombardia prorrogou por mais duas semanas, até 14 de julho, a obrigação do uso de máscaras, mesmo em locais abertos, como medida de precaução, de acordo com uma portaria emitida hoje pelo presidente regional, Attilio Fontana.