EFEWashington

O número de mortos em decorrência da Covid-19 no mundo chegou a 700 mil, segundo a contagem da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, que registra mais de 18,5 milhões de casos de infecção pelo novo coronavírus.

Os EUA seguem como o país com a maior quantidade de falecimentos desde o início da pandemia, com 156 mil. Logo atrás, aparecem o Brasil, com 95 mil; e México, com 48 mil . Em quarto, está o Reino Unido, europeu com mais óbitos, 46 mil.

A Índia está em quinto lugar, com 39 mil; seguido por Itália, com 35 mil, e Espanha, com 28 mil, ainda de acordo com as informações recolhidas pela universidade americana.

Nas contas da instituição, até hoje foram confirmados 18,5 milhões de casos de infecção pelo novo coronavírus, com os Estados Unidos aparecendo na liderança do ranking dos afetados, com mais de 4,77 milhões de ocorrências.

Na sequência, aparecem o Brasil, com 2,8 milhões; a Índia, com 1,9 milhão; a Rússia, com quase 900 mil. Logo depois, na ordem, estão África do Sul, México, Peru, Chile, Colômbia e Irã.

O europeu com maior número de casos é o Reino Unido, com 307 mil desde o início da pandemia da Covid-19. EFE

int-lab/bg