EFEBruxelas

O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, pediu nesta quarta-feira à Turquia, que é membro da aliança, para que se contenha na ofensiva militar já iniciada no nordeste da Síria contra milícias curdo-sírias e o grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

"Acredito que a Turquia atuará com contenção e garantirá que os avanços que alcançamos na luta contra o Estado Islâmico não sejam ameaçados", escreveu Stoltenberg no Twitter.

Stoltenberg acrescentou que a Otan foi informada pelas autoridades turcas sobre a operação no território sírio e afirmou que debaterá a questão com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, na sexta-feira, quando deve viajar para Istambul.

A intervenção turca no nordeste da Síria é vista com muita preocupação por alguns países europeus, que nos últimos dias advertiram sobre as possíveis trágicas consequências humanitárias. EFE

jug/vnm