EFECidade do Vaticano

O papa Francisco expressou neste domingo sua preocupação com o aumento da tensão no Golfo Pérsico e pediu à comunidade internacional que favoreça o diálogo e a paz na região.

"Acompanho com preocupação o crescimento das tensões no Golfo Pérsico e convido todos a usar os instrumentos da diplomacia para resolver os complexos problemas dos conflitos no Oriente Médio, e faço um chamado à comunidade internacional para que dedique esforços para favorecer o diálogo e a paz", disse Francisco após a celebração do Angelus na cidade de Camerino, na região central da Itália, para onde viajou hoje para uma visita.

O papa se referia ao suposto ataque sofrido na última quinta-feira por dois petroleiros estrangeiros no mar de Omã, a segunda ação de caraterísticas similares na região, depois que em maio outros quatro navios, dois deles sauditas, foram alvo de uma sabotagem.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, acusou o Irã de estar por trás do incidente, depois de ter perpetrado ataques similares anteriormente, e levou suas denúncias ao Conselho de Segurança da ONU.