EFEColombo

Peritos do Exército do Sri Lanka detonaram neste domingo de maneira controlada um explosivo localizado nas proximidades do principal aeroporto internacional do país, em um dia trágico no qual mais de 200 pessoas morreram e 450 ficaram feridas após uma série de explosões em igrejas e hotéis.

O explosivo foi localizado em uma estrada muito próxima do Aeroporto Internacional Bandaranaike, o principal do país e perto da capital, afirmou aos veículos de imprensa o porta-voz da Força Aérea Gihan Seneviratne.

O aeroporto internacional já estava em alerta máximo depois da série de explosões hoje em vários pontos do país, três igrejas e três hotéis de luxo.

Assim, devido às medidas de segurança, o Aeroporto Internacional Bandaranaike solicitou aos passageiros que cheguem pelo menos quatro horas antes de seus voos e evitem ir ao aeroporto acompanhados de familiares e amigos.