EFEAlcoy (Espanha)

Em um dos maiores vexames de toda a vencedora história do Real Madrid, a equipe da capital foi eliminada nesta quarta-feira na fase de 16 avos de final da Copa do Rei pelo modesto Alcoyano, da terceira divisão nacional, com uma derrota por 2 a 1 na prorrogação.

O técnico Zinedine Zidane escalou o Real quase todo reserva no estádio El Collao, na cidade de Alcoy, mas mesmo assim a equipe visitante conseguiu sair à frente no placar. Em uma jogada 100% brasileira, Marcelo levantou da esquerda, Éder Militão cabeceou no cantinho e fez 1 a 0.

Além deles, outros dois jogadores no Brasil também atuaram pelo tridecacampeão europeu, também na formação inicial, o volante Casemiro e o atacante Vinícius Júnior.

O drama para o gigante madrilenho teve início aos 34 minutos da etapa final, quando, depois de cobrança de escanteio, Solbes apareceu com espaço, empurrou para a rede e deixou tudo igual.

Em uma prorrogação equilibrada, o time mandante ficou com um homem a menos aos quatro minutos do segundo tempo, com a expulsão de Ramón López. Mesmo assim, aos nove, em contra-ataque pela esquerda, Diakité cruzou e Juanan desempatou.

No outro jogo pela Copa do Rei disputado hoje, a Real Sociedad confirmou o favoritismo contra o Córdoba, também da terceirona, no estádio El Arcángel. Willian José marcou os dois gols da vitória por 2 a 0.