EFERedação Central

O Real Madrid se manteve vivo na luta para vencer a Liga dos Campeões pela 14ª vez na história ao empatar com o Liverpool em 0 a 0 nesta quarta-feira, no estádio Anfield Road, enquanto o Manchester City bateu o Borussia Dortmund por 2 a 1 de virada, no Signal Iduna Park, e também passou de fase.

Maior campeão da história do torneio, o Real se beneficiou da vitória por 3 a 1 na ida, em casa, no estádio Alfredo Di Stéfano. Já o City repetiu o placar que havia obtido no Etihad Stadium há oito dias.

Os 'Reds' tiveram grande chance para abrir o placar logo aos três minutos de bola rolando em Liverpool, quando Mané foi lançado nas costas da zaga e deixou Salah na cara do gol, mas o egípcio parou em defesa do goleiro Courtois com os pés. Pouco depois, aos dez, Milner bateu colocado de fora da área, buscando o ângulo esquerdo, mas o arqueiro belga pegou outra.

O Real pouco criou, mas fechava bem os espaços para o adversário e ainda mandou uma bola desviada na trave. O Liverpool só voltou a assustar na segunda etapa, logo com um minuto, em cruzamento de trivela de Alexander-Arnold para Roberto Firmino, que concluiu para mais uma defesa de Courtois.

A partir de então, quem esperava um duelo lá e cá, com muitas chances criadas e trabalho para os goleiros, se frustrou. Alisson salvou uma investida de Vinícius Júnior e a tentativa de Benzema na sobra, aos 20, e não se viu outras grandes oportunidades.

Houve três brasileiros titulares em cada time: o goleiro Alisson, o volante Fabinho e o atacante Roberto Firmino pelos 'Reds', e o zagueiro Éder Militão, o volante Casemiro e o atacante Vinícius Júnior pelos 'Blancos, que ainda tiveram Rodrygo em campo no segundo tempo.

O Dortmund deu esperança a seu torcedor justamente com um jogador inglês, Bellingham, que pegou a sobre de chute de Dahoud e superou o goleiro Ederson, aos 14 minutos de partida.

Entretanto, na etapa final, o City buscou a virada e se garantiu nas semifinais pela segunda vez na história - a anterior foi na temporada 2015-2016. Mahrez deixou tudo igual aos nove minutos, convertendo pênalti cometido por Emre Can, e Foden desempatou aos 29, em chute forte da entrada da área.

Ederson foi o único brasileiro a entrar em campo no Etihad. O volante Fernandinho e o atacante Gabriel Jesus, também dos donos da casa, permaneceram entre os reservas, o que aconteceu também com o meia Reinier, dos 'Aurinegros'.

Nas semifinais, que acontecerão na última semana de abril e na primeira de maio, os 'Citizens' vão medir forças com o Paris Saint-Germain, que ontem eliminou o atual campeão Bayern de Munique. Já o Real vai encarar o Chelsea, algoz do Porto.