EFEToronto (Canadá)

As autoridades canadenses elevaram nesta segunda-feira o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus para 11 após a notificação de dois novos casos, enquanto Ottawa disse que começou os preparativos para uma possível pandemia.

Um dos novos casos é um homem de cerca de 40 anos que teve contato com o sexto caso do novo vírus no país, uma mulher que havia viajado para o Irã.

O outro caso confirmado hoje é uma jovem de 20 anos que viajou em janeiro para a província de Hubei, na China, o epicentro da epidemia de Covid-19. A paciente chegou ao Canadá na última sexta-feira e foi diretamente para um dos hospitais da cidade por sofrer de tosse intermitente.

As autoridades de saúde disseram que a paciente teve muito pouco contato com outras pessoas desde que chegou ao Canadá e que seus sintomas estavam em remissão, então ela permanece em casa em isolamento. Os familiares da mulher, que a levaram para o hospital, estão sendo monitorados para determinar se foram contaminados.

Os 11 casos de Covid-19 detectados no Canadá estão concentrados em duas províncias: sete na Colúmbia Britânica, no oeste do país, onde existe uma grande comunidade de pessoas de origem chinesa, e quatro em Ontário, onde está localizada a maior cidade canadense, Toronto.

Quanto aos pacientes de Ontário, as autoridades de saúde da província disseram hoje que os três primeiros foram resolvidos, uma vez que os pacientes deram negativo para o vírus nos últimos testes. EFE

jcr/dr