EFEWashington

Pelo menos duas pessoas morreram ontem à noite e várias ficaram feridas na cidade de El Reno, no estado de Oklahoma, na região central dos Estados Unidos, pela passagem de um tornado nas últimas horas, informou neste domingo o prefeito da localidade, Matt White.

Em entrevista coletiva, o prefeito afirmou que ainda continuam as operações de busca e resgate, e que as autoridades estão tentando obter mais informações antes de divulgar novos dados sobre vítimas.

Matt relatou que um número indeterminado de feridos foi levado para hospitais, sem oferecer mais detalhes.

"É uma situação muito dramática", disse Matt, que explicou que o tornado começou a passar por El Reno às 22h30 locais de sábado (0h30 de domingo em Brasília) e varreu a cidade de sudoeste a sudeste.

"Vivemos uma situação traumática", concluiu o prefeito.

De acordo com os veículos de imprensa locais, as duas vítimas estavam em um parque de trailers.

A tempestade também destruiu grande parte de um motel, do qual as emissoras de televisão mostraram imagens com equipes de resgate entre os escombros, depois que o segundo andar praticamente desapareceu.

A polícia de Union City, localidade próxima de El Reno, confirmou ontem à noite no Facebook a periculosidade da situação na região.

"Fortes danos com feridos graves e mortos", afirmou a polícia, que destacou que este foi "um exemplo infeliz de como essas tempestades podem se transformar rapidamente em um tornado letal".

O radar do Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos detectou que o tornado chegou a erguer destroços e objetos por até 2 mil metros de altura.

De acordo com emissora especializada "Weather Channel", uma tempestade similar também atingiu a cidade de Tulsa, no mesmo estado, onde houve danos materiais.

O site "PowerOutage.us", que rastreia os cortes de fornecimento de energia nos EUA, detectou ontem à noite um apagão em Oklahoma que afetou 37 mil usuários, principalmente nos condados de Tulsa e Creek.

Nesta semana, vários tornados se formaram em estados do centro do país, onde pelo menos três pessoas morreram em Golden City, que fica a cerca de 100 quilômetros de Jefferson City, a capital do Missouri, onde houve grande destruição.