EFECaracas

A Venezuela anunciou nesta sexta-feira um recorde de mortes e casos de Covid-19 identificados em um período de 24 horas: seis óbitos e 715 contágios, segundo informou o presidente do país, Nicolás Maduro.

Desde o início da pandemia, o governo venezuelano já contabilizou 18.574 casos e 164 mortes relacionados à doença causada pelo coronavírus SARS-CoV-2.

A situação de Caracas foi a pior do dia, já que, entre os seis mortos, dois morreram na capital venezuelana e outro no estado de Miranda, que abrange boa parte da área urbana da cidade.

As vítimas foram uma mulher aposentada de 76 anos, um colombiano naturalizado venezuelano de 56 anos e outro aposentado de 76 anos. Todos já sofriam de outras doenças antes da Covid-19.

Entre os 715 casos localizados nas últimas 24 horas, 664 resultaram de transmissão comunitária e 51 foram importados por pessoas que voltaram ao país.

Em meio ao aumento do número de casos, o governo inaugurou no complexo esportivo Poliedro de Caracas um hospital de campanha com 1.200 leitos que serão utilizados por pacientes assintomáticos ou com sintomas leves. EFE

gdl/vnm

(foto)(vídeo)