EFELisboa

O atacante português Cristiano Ronaldo, da Juventus, se envolveu em mais uma polêmica em meio a pandemia da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, ao participar da festa de uma sobrinha, em meio a decretação do estado de emergência em Portugal.

Imagens publicadas no Instagram, o astro é visto comemorando o aniversário de Alicia, em celebração que teria acontecido no Funchal, na Ilha da Madeira, refúgio escolhido por CR7 durante a paralisação do futebol de maneira quase global.

Na região, assim como em todo Portugal, a população tem "dever de recolhimento obrigatório" em casa, segundo decreto, por isso, necessariamente, precisam cumprir um distanciamento social.

No vídeo da comemoração que foi publicado nas redes sociais, estão cerca de 18 pessoas, incluindo Dolores Aveiro, mãe de Cristiano Ronaldo, que sofreu um AVC em 3 de março deste ano.

No último dia 9, o atacante da Juventus já havia sido flagrado fazendo exercícios físicos no Estádio da Madeira, que pertence ao Nacional, clube que o revelou e que disputa a segunda divisão do Campeonato Português.

A imprensa local publicou fotos do astro no gramado, realizando algumas atividades com bola. Nas imagens, várias outras pessoas também aparecem, algumas trabalhando com o badalado camisa 7 e outras observando a sessão.

O jogador português, após a paralisação do futebol italiano, devido a pandemia da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, está na Ilha do Funchal, com os filhos e a noiva, Georgina Rodriguez. EFE

cgg/bg