EFEVera Cruz (México)

Seis pessoas foram assassinadas na madrugada desta quinta-feira depois de um grupo armado abrir fogo contra um lava jato no estado de Vera Cruz, no leste do México.

O ataque ocorreu perto do porto de Coatzacoalcos, no sul de Vera Cruz, um estado que tem registrado um aumento na violência promovida pelos cartéis de tráfico de drogas nos últimos meses.

Um grupo armado invadiu um lava jato e abriu fogo contra as pessoas que estavam no local. Cinco delas morreram na hora e uma sexta foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Os criminosos deixaram uma mensagem, atribuindo o massacre ao grupo "Los Zetas", e anunciaram um confronto com o Cartel Jalisco Nova Geração, com quem disputam o controle do porto.

Agentes da Polícia de Veracruz e da Promotoria-Geral do Estado apreenderam um táxi que estava dentro do lava jato.

Vera Cruz é palco de uma escalada de violência que deixou nos últimos 11 meses mais de 1.500 mortes ligadas ao narcotráfico.

O Sistema Nacional de Segurança Pública, ligado à Secretaria de Governo do México, registrou uma alta de 62,27% nos homicídios em Veracruz entre outubro de 2016 e o mesmo mês deste ano.