EFEA bordo do avião papal

O papa Francisco anunciou nesta quarta-feira, durante o voo para o Panamá para participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que tem intenção de viajar para Japão em novembro.

Como costuma acontecer, o pontífice cumprimentou todos os 70 profissionais da imprensa que que viajam com ele, em um momento que geralmente é usado para conversas rápidas ou entrega de presentes. Ao saudar um jornalista japonês, ele confirmou uma ida ao Japão: "Em novembro. Se prepare!", disse.

Francisco também disse a uma jornalista argentina ter vontade de visitar o Iraque para dar apoio aos cristãos perseguidos e também visitar uma terra que tanto sofreu. O papa contou que algumas pessoas o desaconselharam por questões de segurança, mas que outras mostraram apoio. No final do ano passado, ele enviou o secretário de Estado, Pietro Parolin, para uma visita ao país e hoje revelou que tem acompanhado a situação de perto.

A viagem ao Japão em novembro seria a sexta confirmada para este ano. Além do Panamá, o papa prevê ir em 2019 aos Emirados Árabes, Marrocos, Macedônia e Bulgária e depois Romênia.