EFEJohanesburgo

A Suazilândia oficializou sua mudança de nome para Reino de Eswatini através da publicação da medida no Diário Oficial do país, informou nesta sexta-feira a imprensa local.

A mudança tinha sido anunciada no dia 19 de abril pelo rei Mswati III durante as comemorações por seu 50º aniversário.

Eswatini é o nome conhecido pelos Swazi, etnia majoritária da nação, este pequeno país do sul da África, uma das poucas monarquias absolutas que restam no mundo.

A medida, publicada com a assinatura do rei, tem efeito retroativo à data na qual foi anunciada, segundo o jornal "Times of Swaziland".

O texto estabelece que todas as referências legais e tratadas internacionais relacionadas com a Suazilândia devem ser lidas a partir de agora como Eswatini.

A mudança não representa uma grande mudança para o mais de um milhão de swazis (90% da população) que se referiam ao país como tal, e que já viam esse nome nos seus passaportes ou em documentos oficiais.

O país, que comemora este ano o 50º aniversário da sua independência, é um dos países menos desenvolvidos da África.