EFETóquio

A empresa de tecnologia Sony revelou nesta terça-feira novos detalhes de seu console de videogame da próxima geração, sucessor do PlayStation 4 (PS4), e promete oferecer "uma experiência de jogo ininterrupta" baseada na nuvem e um maior potencial gráfico.

Em entrevista coletiva realizada em Tóquio (Japão), o presidente e CEO da Sony, Kenichiro Yoshida, apresentou sua estratégia corporativa para 2019-2020, após obter um lucro recorde de 916,3 bilhões de ienes (US$ 8,324 bilhões) no ano anterior.

O negócio de videogames da Sony ocupou uma parte central da apresentação, por se tratar do seguimento de maior faturamento do conglomerado e grande responsável do aumento da renda total e do lucro operacional.

O bom desempenho deste setor "é o modelo a ser seguido" para a empresa como um todo, disse o CEO da Sony, acrescentando que "oferecer o melhor entretenimento" é o principal objetivo da companhia.

Nesse sentido, Yoshida confirmou o desenvolvimento de um novo console, dotado de um "aumento dramático em seu potencial gráfico" e de um "significativo aumento da capacidade de processamento", recursos que oferecerão uma experiência de jogo "sem interrupções" e "de imersão total".

Esta é a primeira vez que a Sony revela detalhes do sucessor do PS4 ao apresentar sua estratégia corporativa anual, um dispositivo que já teve vazado alguns detalhes técnicos, embora ainda não se saiba quando e com qual nome será lançado.

O console da nova geração também tem como objetivo "explorar todo o potencial" das redes em nuvem e tecnologia 5G para permitir sua reprodução em "qualquer lugar e a qualquer momento", tornando-se um dispositivo remoto que pode ser operado a partir de um smartphone ou tablet, revelou o CEO.

No mesmo contexto, Kenichiro Yoshida destacou a aliança anunciada na semana passada com a empresa de computadores americana Microsoft para desenvolver serviços conjuntos de videogame na Internet, e que empregará como recursos compartilhados o hardware das duas empresas e seus sistemas de inteligência artificial ou de "streaming".

A Sony, além disso, confia em continuar desenvolvendo títulos e serviços na rede para o PS4 com objetivo de atingir este ano o número de 100 milhões de unidades vendidas no mundo todo deste console lançado em 2013.