EFESeul

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, expressou em seu recente encontro com o presidente da China, Xi Jinping, seu compromisso com a desnuclearização e sua vontade de compartilhar com Pequim a evolução das negociações que mantém com os Estados Unidos sobre o tema.

Os dois líderes discutiram a questão da desnuclearização da Coreia do Norte em uma reunião realizada na última terça-feira, em Pequim, durante a visita oficial de quatro dias de Kim, a convite do governo chinês, e com alguns detalhes divulgados nesta quinta-feira pela agência estatal de notícias norte-coreana "KCNA".

Kim e Xi abordaram várias questões de natureza bilateral e internacional, e destacaram a relevância especial das "negociações sobre a situação na península coreana e a desnuclearização", assunto em que Pequim "mostrou seu apoio", detalhou a agência.

Em particular, os dois líderes discutiram em profundidade a realização de uma "investigação e controle colaborativo" do referido processo.

A viagem de Kim à China aconteceu no meio da expectativa de uma próxima cúpula entre o líder norte-coreano e o presidente dos EUA, Donald Trump, a segunda após a que foi realizada em junho do ano passado, em Singapura.

A "KCNA" também destacou que Kim e Xi concordaram em expandir seus intercâmbios nos campos políticos, econômico, militar e cultural, e que Xi aceitou um convite para visitar a Coreia do Norte "em uma data conveniente", mas sem especificar qual.