EFELos Angeles

Ventos com rajadas de até 128 quilômetros por hora alimentam nesta quinta-feira as chamas do incêndio que consome amplas áreas do sudeste da Califórnia e dificultam o já complicado trabalho dos bombeiros nos arredores da cidade de Ventura, Santa Paula e Los Angeles.

Com cerca de 200 mil pessoas evacuadas, as autoridades da Califórnia declararam a região em "alerta roxo" nesta quinta-feira por ventos "extremos".

Ken Pimlott, diretor do Departamento Florestal e de Proteção Contra Incêndios, afirmou nesta quinta-feira aos veículos de imprensa que "nunca" antes este alerta roxo tinha sido usado na Califórnia, que sofre com os efeitos de quatro incêndios na região noroeste de Los Angeles avivados, além disso, pelo ressecamento do terreno.

O incêndio denominado Thomas, no condado de Ventura, cerca de 100 quilômetros ao noroeste de Los Angeles, já consumiu 96 mil acres (38,8 mil hectares) e só foi 5% contido, informou hoje a agência estatal californiana de proteção contra incêndios Call Fire.

Este incêndio, que começou na segunda-feira, obrigou a evacuação de 50 mil pessoas neste condado, que tem uma população 42% latina e onde cerca de 150 edifícios foram danificados.

Em Sylmar, também 5% controlado, as chamas obrigaram a evacuação de mais de 150 mil pessoas, calcinaram mais de 12.605 acres (5,1 mil hectares) e destruíram pelo menos 30 moradias.

Em Bel Air, bairro residencial com mansões principalmente de atores e milionários da indústria de Hollywood, o perigo aumentou durante a noite e obrigou à evacuação de muitos dos residentes, sendo que alguns perderam suas propriedades.

Este incêndio, que já consumiu 475 acres (192 hectares), também se aproximou do Getty Museum embora, segundo reportaram as autoridades de Los Angeles, o centro cultural esteja fora de perigo.

Em Valência, no noroeste do condado de Los Angeles, 7 mil acres (2.832 hectares) foram devastados pelas chamas deste incêndio florestal, que foi 15% contido.

Centenas de escolas nos setores afetados permanecem fechadas, assim como a Universidade da Califórnia Los Angeles, que suspendeu todas suas atividades para hoje.

A situação ficará crítica até o fim de semana, segundo uma projeção do Serviço Nacional Meteorológico (NWS) dos EUA, que alerta sobre a continuação dos Ventos em Santa Ana, de moderados a fortes, " sobre a maior parte dos condados de Los Angeles e Ventura pelo menos até sábado".