EFELondres

O agente do futebolista galês Gareth Bale afirmou esta terça-feira, numa entrevista com a cadeia britânica BBC Radio 4, que o tratamento que o jogador recebeu por parte dos adeptos do Real Madrid foi "uma vergonha".

"Acho que o que os adeptos fizeram foi uma vergonha e que o clube não ajudou", disse Jonathan Barnett, representante do jogador, que chegou este mês ao Tottenham Hotspur para um ano de empréstimo.

"Alguém que conseguiu o que conseguiu para um clube em sete anos devia ter sido tratado melhor", acrescentou Barnett, que admitiu que o galês, com 31 anos, poderá ficar no clube do norte de Londres mais tempo do que o previsto.

O agente assegurou que o Tottenham é o clube com o qual "ele quer jogar". "Não vejo nenhum problema se quer mais outro ano", acrescentou.

Bale deixou os "Spurs" em 2013 numa transferência de 85 milhões de libras (92 milhões de euros, nos valores atuais) que na altura rompeu todos os recordes, e tem contrato em vigor com o Real Madrid até 2022.

Questionado pela possibilidade de regressar à equipa espanhola, o seu representante disse: "Esperemos que esse assunto não apareça. Terá tanto sucesso no Tottenham que vai querer ficar e será fácil chegar a um acordo".