EFEAlcoy (Alicante)

O Alcoyano, do terceiro escalão do futebol espanhol, foi a grande surpresa na Taça do Rei de Espanha ao eliminar em casa, nos 16 avos, o Real Madrid por 2-1 no prolongamento graças a um golo de Juanan no minuto 115 do jogo.

Pouco depois do jogador local Ramón ter sido expulso após um segundo amarelo, o Alcoyano surpreendeu tudo e todos com o segundo golo da partida, fazendo a reviravolta ao marcador, no qual o Real chegou a estar em frente depois de um golo do brasileiro Éder Militão no último minuto da primeira parte.

Apesar do grande domínio do Real Madrid, a equipa de Zidane não soube sentenciar o jogo na segunda parte, e um golo de Sobes aos 81 levou a disputa para o prolongamento.

O guarda-redes do Alcoyano, José Juan, tornou-se no herói local ao longo dos 30 minutos de prolongamento com várias defesas de mérito, impedindo constantemente as investidas madridistas.

A situação complicou-se para a modesta equipa local com a expulsão ao minuto 109, mas pouco depois chegou o golo da vitória que ratificou a grande surpresa da competição.