EFERoma

O espanhol Ansu Fati, do Barcelona, os brasileiros Vinicius e Rodrygo Goes, do Real Madrid, o canadiano Alphonso Davies, do Bayern de Munique, e o norueguês Erling Braut Haaland, do Borussia de Dortmund, estão entre os quarenta finalistas do Golden Boy, prémio dado ao melhor jogador sub-21 do ano.

O jornal italiano "Tuttosport", que entrega este galardão desde 2003, reduziu de sessenta a quarenta a lista dos jovens talentos que procuram substituir o português João Félix, avançado do Atlético de Madrid, que o ganhou em 2019.

O espanhol Ferrán Torres, contratado este verão pelo Manchester City ao Valência, e os ingleses Jadon Sancho, do Borussia de Dortmund, e Phil Foden, também do City, são outros dos destaques da lista.

O prémio deste ano, baseado nos votos de 40 jornalistas dos principais meios desportivos europeus, será entregue ao vencedor numa cerimónia em Turim prevista para dezembro e com as medidas de segurança necessárias para a pandemia de coronavírus, destacou o "Tuttosport".