EFEMadrid

O Barcelona, que recebe este domingo o Real Madrid, não ganha o clássico no Camp Nou desde outubro de 2018, quando goleou por 5-1 com um hat-trick de Luis Suárez e pôs fim ao percurso de Julen Lopetegui como treinador madridista.

Desde então, ambas equipas enfrentaram-se no reduto 'blaugrana' em três oportunidades, com um balanço de dois empates e um triunfo do Real Madrid na última visita.

Quatro meses depois da goleada, que não contou com a participação do argentino Leo Messi, o Real Madrid regressou à Catalunha para uma meia-final da Taça do Rei, conseguindo um empate (1-1) na primeira-mão da eliminatória, resultado que acabou por não lhe servir para chegar à final, pois o Barça conseguiu vencer por 0-3 no Santiago Bernabéu na segunda-mão.

Na décima jornada da época 2019/20, a 18 de dezembro de 2019, o clássico terminou com um pouco habitual 0-0, e na última época, a equipa na altura treinada por Zinedine Zidane venceu por 1-3 com golos do uruguaio Fede Valverde, Sergio Ramos (de penálti) e do croata Luka Modric, enquanto Ansu Fati equilibrou momentaneamente o marcador no início do embate.

O Real Madrid chega ao duelo com três vitórias consecutivas no grande clássico do futebol espanhol, que o Barcelona não ganha desde 2 de março de 2019, quando se impôs na 26º jornada por 0-1, golo do croata Ivan Rakitic.

Estas três vitórias representam a melhor sequência do Real Madrid contra o seu eterno rival desde as três que conseguiu entre 4 de dezembro de 1977 e 23 de setembro de 1978, todas no campeonato (2-3, 4-0 e 3-1).

A melhor série de triunfos para o Real no clássico remonta aos anos 60, com seis vitórias entre abril de 1962 e fevereiro de 1965

Contando vitórias e empates (3 e 5), o Real Madrid esteve oito jogos sem perder entre março de 2011 e 19 de abril de 2003.

Contudo, a melhor série de triunfos consecutivos está nos cinco conseguidos pelo Barcelona entre dezembro de 2008 e novembro de 2010, com a célebre vitória de 5-0 da equipa de Pep Guardiola contra o Real então treinado por José Mourinho.