EFEBerlim

O Bayern descartou a possibilidade de contratar o treinador Arsene Wenger, que se tornou no favorito nas casas de apostas para substituir Niko Kovac no banco da equipa bávara.

"Arsene Wenger ligou a Karlheinz Rummenigge e mostrou em princípio interesse por ser treinador do FC Bayern. O FC Bayern tem um grande apreço por Arsene Wenger pelo seu trabalho no Arsenal, mas não é uma opção", publica o jornal "Bild" depois da resposta do clube a uma consulta a este respeito.

O favoritismo de Wenger obedecia a dois elementos fundamentais: poderia assumir a equipa imediatamente e fala alemão.

No entanto, a sua idade, 71 anos, colocava em dúvida a possibilidade de ser uma opção a longo prazo, e o tempo que está afastado dos bancos também gerava dúvidas.

Segundo o "Bild", a intenção do Bayern é que Hansi Flick, que assumiu a equipa como interino depois da destituição de Kovac, se mantenha no banco pelo menos até ao final da temporada.