EFEBilbau

O treinador italiano Fabio Capello recordou esta quinta-feira como, depois de ver Leo Messi jogar durante apenas 20 minutos, pediu ao holandês Frank Rijkaard, então treinador do Barcelona, que o emprestasse.

Foi a 24 de agosto de 2005, no primeiro Troféu Joan Camper jogado pelo argentino num embate entre o Barcelona de Frank Rijkaard e a Juventus de Fabio Capello. Bastou ao italiano as primeiras ações de Messi para comprovar que estava perante um "craque".

"Vi-o com 18 anos, titular num Camper. Aos 20 minutos do jogo saí do banco, fui ter com o Rijkaard, então treinador do Barça, e disse-lhe se o deixava ir à Juve. Não mo deu", relatou Capello no IV Bilbau International Football Summit (BIFS'20), um congresso que reúne na cidade espanhola destacadas personalidades do futebol de elite.