EFERoma

O defesa italiano Giorgio Chiellini revelou esta quinta-feira que vai deixar a Juventus no final da época e despediu-se dos adeptos após 16 anos a representar o clube de Turim.

"Como já sabem, esta vai ser a minha última época como 'bianconeri'. Para todos os adeptos que estiveram sempre ao meu lado, espero-vos na noite de segunda-feira no estádio ou em casa para vos alegrar e poderem celebrar comigo todos estes anos de paixão pela Juventus. Adoro-vos", publicou o capitão da 'Juve' no Twitter.

Chiellini já tinha anunciado há umas semanas a sua retirada da seleção depois do jogo contra a Argentina na chamada Taça dos Campeões para "dar lugar aos jovens".

Agora, depois da dura derrota contra o Inter na final da Taça de Itália (4-2) que deixa a 'Vechia Signora' sem títulos esta época, prevê-se que Chiellini rume à MLS, a liga de futebol norte-americana, desde onde recebeu ofertas, segundo a imprensa local.

Nestas 16 épocas em Turim, o carismático defensa despede-se como um dos jogadores mais prolíficos da história do clube, tendo levantado nove vezes, de maneira consecutiva, o 'Scudetto' (2012-2020), cinco Taças de Itália e outras cinco Supertaças.