EFERoma

Antonio Conte, treinador do Inter de Milão, equipa do grupo F da Liga dos Campeões junto ao Barcelona, Bayer Leverkusen e Slavia Praga, considerou esta segunda-feira que o clube catalão não está "contente por enfrentar" o milanês.

"Será um jogo apaixonante, desses que te dão motivação e te empurram a dar o máximo. Não acho que o Barcelona esteja contente por ter de enfrentar o Inter", opinou Conte numa entrevista concedida ao site oficial da UEFA.

"Nós começámos um caminho e queremos terminá-lo da melhor forma possível. Enfrentar a grandes equipes na Liga dos Campeões é a melhor maneira para crescer, para entender o que te falta para chegar ao máximo", prosseguiu.

O novo treinador dos italianos, que este verão substituiu Luciano Spalletti, destacou que a sua equipa tem a ambição de conseguir grandes resultados, mas que vai precisar de trabalhar arduamente por ter um plantel com pouca experiência no máximo nível.

"Somos uma equipa em que o único que conquistou troféus é provavelmente (o uruguaio, Diego) Godín, pelo que todos nós devemos entender o que é preciso fazer para conseguir um resultado importante", disse.