EFELisboa

A cinco dias da estreia de Portugal no Europeu, o capitão das "quinas", Cristiano Ronaldo, assegura que está "tão motivado ou mais que em 2004".

O avançado, de 36 anos, que se estreou num Europeu em 2004, edição realizada em Portugal, e vencedor do último, realizado em França em 2016, assegura numa entrevista com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) que está "neste Europeu como se fosse o primeiro".

Longe de promessas grandiloquentes, o avançado da Juventus não promete títulos nem quer fazer prognósticos, mas deixou claro que a seleção vai "entrar em todos os jogos a ganhar".

Sobre o favoritismo de revalidar o título e chegar à final em Wembley no próximo 11 de julho, Cristiano reconhece que "as expectativas são elevadas", dado o sucesso nos últimos anos, nos quais Portugal também venceu a primeira edição da Liga das Nações.

O melhor marcador da história de Portugal também não mostra receio do grupo F, chamado o "grupo da morte", com França, Alemanha e Hungria.

"São estes os adversários e é contra eles que vamos jogar", ressaltou Cristiano Ronaldo, relembrando que "não há jogos fáceis".

Portugal vai-se estrear contra a Hungria em Budapeste no próximo dia 15 de junho.