EFEMadrid

Enrique Cerezo, presidente do Atlético de Madri, destacou que a vitória sobre o Liverpool por 1-0 demonstrou que o clube espanhol "está vivo e muito vivo", com um treinador, Diego Pablo Simeone, que "vai continuar muitíssimo tempo no clube".

Cerezo, que esta quarta-feira esteve na sede da Agência EFE em Madrid para o ato de entrega do I Troféu EFE de Melhor Futebolista Ibero-americana à defesa mexicana Kenti Robles, do Atlético de Madrid, disse que há uns dias dava-se a equipa por morta, e ontem à noite demonstrou que não é assim.

"Dormir sempre durmo bem, o problema do futebol é que há dias de glória e dias sem glória. Há uma semana estávamos condenados e, por um jogo de futebol, estamos agota vivos e muito vivos. Ganhamos o jogo contra uma equipa muito difícil, a melhor do mundo, segundo se diz, que há 30 jogos que não perdia. O que dá primeiro dá duas vezes, segundo se diz, e nós sabemos muito disso porque nos deram muito", destacou depois de elogiar Kenti pelo do Troféu.

Cerezo realçou o ambiente espetacular que se criou no Wanda Metropolitano, "que é um dos melhores estádios de Europa, cheio com adeptos entregues". "Foi um magnífico espetáculo e o resultado acompanhou, pelo que estamos todos contentes".

O presidente do Atlético, que brincou que Anfield "é um campo espetacular, mas velho", com umas condições técnicas "que aqui não seriam aceites", salientou o bom rendimento dos contratos desta temporada e elogiou Simeone, afastando qualquer tipo de dúvidas sobre a sua continuidade. "Temos um magnífico treinador que vai continuar muitíssimo tempo connosco", acrescentou.