EFERedação Desporto

O equatoriano Jhonatan Narváez (Ineos) conquistou a segunda vitória do seu país na décima segunda etapa do Giro d'Italia, 204 quilómetros com saída e chegada em Cesenatico, onde o português João Almeida (Deceuninck Quick Step) ficou com a camisola rosa do líder.

Fugado nos últimos 15 quilómetros, Narváez, de 23 anos, aproveitou um furo do ucraniano Mark Padun (Bahrain Mclaren) para ir sozinho até a linha de meta, onde ergueu os braços com o tempo de 5h.31.24.

Padun entrou aos 1,07 minutos, após um infortúnio que o impediu de disputar a vitória. Esta é a segunda vitória equatoriana nesta edição do Giro, já que Jonathan Caicedo venceu no Etna no terceiro dia.