EFEBarcelona

Os futebolistas do FC Barcelona aceitaram a proposta de redução de salários de 70% proposta pelo clube, devido à crise do coronavírus, e anunciaram que vão destinar verbas "para que os funcionários do clube possam receber 100% do seu ordenado" durante a situação.

Esta medida foi anunciada por todos os jogadores da primeira equipa nos seus diferentes perfis nas redes sociais. Uma mensagem na qual ressaltam que "sempre tiveram vontade" de baixar o salário que recebem ao entender a "situação excecional" que se vive.

"Fomos os primeiros que SEMPRE ajudamos o clube quando nos foi pedido. Até o fizemos por iniciativa própria em momentos que consideramos necessário ou importante", asseguram os futebolistas.

Por isso, sentem-se incomodados porque "dentro do clube houve quem tentou colocar-nos debaixo de uma lupa e pressionar-nos para fazer algo que sempre tivemos claro que iríamos fazer".

Os jogadores do Barcelona disseram também que se acordo demorou uns dias é "simplesmente" porque estavam à procura de "uma fórmula para ajudar o clube e também os seus jogadores em momentos tão difíceis".