EFERedação de desporto

O Grande Prémio da China de Fórmula Um, marcado para 17 a 19 de abril, foi adiado sem uma nova data devido à epidemia de coranavírus que afeta o país, informou a FIA esta quarta-feira.

Tanto a organização da Fórmula Um como a própria FIA comunicaram que aceitaram a solicitação do organizador do grande prémio chinês para adiar a prova a uma nova data face à incerteza que se vive no país pelo surto de coronavírus.

Desde o anúncio realizado esta quarta-feira à data inicialmente prevista para o GP da China são 63 dias, mas a incerteza que rodeia a epidemia levou ao adiamento da prova.

Nas redes sociais, os organizadores da Fórmula Um apontaram que vão continuar a analisar a situação nas próximas semanas para avaliar possíveis datas alternativas para a corrida.

O Grande Prémio da China, com sede no circuito de Xangai, era a quarta prova do calendário de 2020 de Fórmula Um que vai arrancar no próximo 15 de março na Austrália e a última prova antes do evento saltar para a Europa, onde a Holanda irá receber a quinta corrida do campeonato.

Depois do cancelamento do GP da China, a competição vai saltar do GP do Vietname, que se estreia este ano e está marcado para o próximo 5 de abril, ao GP da Holanda, previsto para 3 de maio no circuito de Zandvoort.