EFEBogotá

O ciclista colombiano Egan Bernal, atual campeão da Volta à Itália e vencedor do Tour de France em 2019, comoveu a Colômbia com o grave acidente sofrido nesta segunda-feira e precisou de ser submetido a três operações devido às lesões.

Bernal, de 25 anos, chocou de bicicleta a alta velocidade contra um autocarro que aparentemente tinha parado na estrada que liga Bogotá a Tunja, perto do município de Gachancipá, no departamento de Cundinamarca, quando o veículo estava estacionado, de acordo com as autoridades rodoviárias colombianas.

O diretor de Trânsito e Transportes da Polícia, o general Juan Libreros, disse que o acidente ocorreu às 10h locais e que o ciclista foi levado para a Clínica da Universidade de La Sabana, na cidade de Chía, perto de Bogotá.

Dada a gravidade do acidente, Bernal foi submetido a três cirurgias por fraturas em várias partes do fêmur e da patela direita, e vai precisar de uma neurocirurgia, de acordo com a equipa médica.

A clínica informou que Bernal foi levado para "salas de cirurgia pela equipa interdisciplinar de cirurgia geral, ortopedia e traumatologia".

Até agora, o ciclista foi submetido a uma "osteossíntese de uma fratura do fêmur cominutiva subtrocantérica direita", uma "osteossíntese de uma fratura aberta ipsilateral da patela" e uma "toracostomia com drenagem para hemopneumotórax secundária ao trauma torácico".

PREOCUPAÇÃO GENERALIZADA

Diversos atletas e os colombianos em geral passaram a torcer pela recuperação de Bernal, que se preparava para a temporada europeia nas estradas do país natal juntamente com os colegas de equipa Ineos Grenadier, o equatoriano Richard Carapaz, o costa-riquenho Andrey Amador e o compatriota Daniel Felipe Martínez.

"Hoje, mais do que nunca, desejando-te o melhor. Que te recuperes rapidamente e voltes para dar o espetáculo como só tu sabes fazer", escreveu Martínez nas redes sociais.

Falcao, antigo jogador do Porto e agora no espanhol Rayo Vallecano, disse esperar uma "recuperação rápida e bem-sucedida" para o ciclista.

"Toda a Colômbia está contigo neste momento doloroso. Vamos proteger e cuidar dos ciclistas em todas as estradas colombianas", disse o jogador no Twitter.

Outro a desejar melhoras ao ciclista foi o presidente da Colômbia, Iván Duque.

"Desejamos ao nosso amado campeão Egan Bernal uma rápida recuperação após o acidente que sofreu enquanto treinava com os seus colegas de equipa. Esperamos que a sua saúde evolua de forma satisfatória e que possa continuar a conquistar vitórias para a Colômbia", disse.

O ex-presidente Juan Manuel Santos (2010-2018) também se pronunciou: "Estamos todos a rezar por Egan Bernal. O nosso campeão vai seguir em frente", comentou.