EFELisboa

O guarda-redes de andebol da equipa do Porto e da seleção portuguesa, o luso-cubano Alfredo Quintana, faleceu esta sexta-feira no Hospital São João, onde estava internado em estado muito grave depois de ter sofrido na segunda uma paragem cardiorrespiratória, confirmaram à Efe fontes azuis e brancas.

Quintana, nascido em Havana há 32 anos, sofreu a paragem durante um treino, e estava desde então nos cuidados intensivos.

Depois de confirmar o seu falecimento, a sua equipa partilhou nas redes sociais uma mensagem de pêsame na qual asseguram que o guarda-redes será "sempre recordado" no Porto.

Alfredo Quintana viveu no seu país natal até 2009. Chegou ao Porto há uma década atrás, e em 2014, depois de se nacionalizar português, estreou-se com a seleção, com a qual teve 72 internacionalizações, as últimas no Mundial do Egito, onde teve um papel de destaque.