EFELondres

O treinador do Manchester City, Pep Guardiola, afirmou na conferência de imprensa de antevisão ao jogo contra o Tottenham que não veio para o City para ganhar a 'Champions', mas acrescentou que é o seu desejo e que gosta destes desafios.

"Não vim aqui para ganhar a 'Champions'. Vim aqui para fazer a equipa jogar da maneira na qual jogaram nos últimos vinte meses. Vim por isso", explicou o treinador espanhol, que nesta quarta-feira terá que recuperar de um 1-0 para estar nas meias-finais.

"Não será parecido (à primeira-mão). É preciso marcar golos e a razão pela qual naquele dia tentamos jogar com mais controlo foi pelos jogos que tínhamos pela frente nesse momento, por como vi a equipa contra o Brighton, por como os jogadores voltavam após as lesões. Mas agora jogamos em casa e temos que criar uma atmosfera para que nossos adeptos nos apoiem", explicou o técnico espanhol.

Questionado sobre se é uma obrigação ganhar a 'Champions', Guardiola brincou e disse que o presidente pediu-lhe que ganhe o título três vezes seguidas.

"Gosto destes desafios. Esse é o meu desejo (ganhar a Champions), mas no futebol perdes mais que vontade e eu tento dar o melhor de mim próprio", afirmou.

Guardiola não quis pensar numa possível final com o Barcelona, mas afirmou que irá ver o Barcelona-Manchester United desta terça-feira em vez do Juventus-Ajax. Deste último partido sai o seu rival nas meias-finais caso o City passe para a próxima ronda.