EFEZagreb

"O melhor dos melhores" é o título que mais se repete nas primeiras páginas da imprensa croata desta terça-feira, celebrando o mais recente prémio de Luka Modric, a Bola de Ouro que recebeu esta segunda em Paris.

"O conto de fadas futebolístico croata em Paris", escreve o jornal Jutarnji list, enquanto outras publicações destacam: "A Bola de Ouro para o capitão dos Ardentes" (Vecernji list) ou "Luka pegou na sua bola de ouro e entrou na história" (24sata).

"Proveniente do árido monte de Velebit, um terreno difícil e inóspito para jogar à bola, depois de todos os traumas da guerra, de ter de se provar em situações adversas e na liga mais brutal europeia (bósnia), surgiu um tipo com esta classe", comenta 24sata.

"Como é esse possível?" pergunta ainda o jornal, respondendo: "Foi justamente por isso que o Luka teve sucesso! Perseverante e modesto, da guerra subiu ao topo do mundo!"

A imprensa croata dedica hoje grande parte do seu espaço à cerimónia na qual Luka foi galardoado ontem em Paris e divulga as reações de outras estrelas do futebol.

O desportivo Sportske Novosti acentua que com a Bola de Ouro da France Football, Modric coroou um ano de grandes prémios, incluído o da UEFA de melhor jogador na Europa e o da FIFA de melhor jogador do mundo, assim como a Bola de Ouro para o melhor jogador do Mundial da Rússia.

"Trata-se de um momento histórico: Luka Modric alcançou o que ninguém antes tinha alcançado", afirma o desportivo, que destaca que até agora ninguém ganhou os três primeiros prémios num mesmo ano.

A presidente da Croácia, Kolinda Gravar-Kitarovic, e o chefe do Governo, Andrej Plenkovic, felicitaram o jogador do Real Madrid.