EFEMadrid

O avançado português do Atlético de Madrid João Félix reconheceu após a derrota contra o inglês Liverpool no Wanda Metropolitano (2-3) que a sua equipa "reagiu" ao 0-2 adverso nos primeiros 13 minutos, mas que com a expulsão do francês Antoine Griezmann o duelo "ficou difícil".

"Meteram-nos dois golos, reagimos, mas com a expulsão ficou difícil", analisou o avançado português em declarações oferecidas pelo clube depois do encontro da Liga dos Campeões.

Griezmann foi expulso no minuto 52 com um cartão vermelho direto por uma ação de jogo perigoso na qual levantou a pena para chegar a uma bola, acabando por atingir o avançado brasileiro do Liverpool Roberto Firmino.

A partir de então, o Atlético teve de defender com dez num jogo que na altura estava empatado 2-2, acabando por sair derrotado com um penálti marcado pelo egípcio Mohamed Salah, que colocou o 2-3 final.

"Nota-se sempre o esforço, com menos um tens que dar algo mais, colocamos o coração e tudo em campo, tentamos, mas não era o dia", considerou João Félix.

O português foi uma das grandes figuras da primeira parte e protagonizou uma grande jogada na qual se desfez de vários adversários antes de dar a assistência do golo do 2-2 marcado por Griezmann.

"O meu futebol é encarar, virar, um contra um, procurar os meus colegas para que façam golo, é o que estou a fazer e o que me pedem. Há que continuar assim para criar oportunidades para a equipa e que possamos meter mais golos", acrescentou o 7 'colchonero'.